Filmagem d' O Livro negro do Padre Dinis

Fotos da última cena que grávamos à 1 da manhã, na Quinta da Ribafria, em Sintra, para o filme " O livro negro do Padre Dinis". Ambientado na Revolução Francesa de 1792, o meu personagem era parte dos " Jacobinos", fracção revolucionária que lutaram contra os nobres, fartos da tirania dos mesmos e da Monarquia. 
A cena consistia em entrarmos pela sala adentro onde os nobres estavam reunidos às tantas da noite, e trazer alguns cá para fora, prisioneiros. Fizemos 10 tomas. As primeiras sairam muito "atabalhoadas" pois tropeçamos uns nos outros, até que o realizador indicou que as armas deviam estar no ombro e não empunhadas, pois eram demasiado compridas.O meu personagem tinha que ir direto a um nobre sentado atrás de uma mesa no lado esquerdo da sala e traze-lo pelo pescoço para fora. Bom, a parte " pelo pescoço" foi ideia minha mas o realizador achou bem, lol!!! Ainda pensei em dar-lhe com a espingarda na nuca, mas talvez fosse demasiado para o pobre nobre, lol! Duas das armas, a do capitao e oficial eram reais, trazidas do Museu Militar. As outras eram imitações .O capitão, de tanto levar a arma ao ombro, rasgou uma das insignias ( ou como se chame) e la veio a assistente de produção coser aquilo à pressa entre takes :)Uma das armas ( a do colega à minha esquerda) partiu-se pelo cabo, assim q tinha q ter muito cuidado para não a despedaçar no meio dos takes, por isso não a movia muito! Antes de filmar, o assistente de realização veio ter conosco e disse-nos que os sentimentos teriam de ser de raiva, de ódio, mas tambem de um prazer sádico em matar e prender os nobres responsáveis pela nossa desgraça:) 
Durante as filmagens lesionei-me no joelho direito ao tentar tirar o primeiro par de botas que experimentei, por estarem muito apertados! Mas foi uma bela experiência que espero repetir!

 

25 Anos da gala Abraco 2017

Ontem mais uma grande noite! A 25a Gala da Abraco, no dia Mundial da Sida no Teatro Sao Luiz ( que espectaculo!) foi uma oportunidade mais que tive de mostrar o meu trabalho, com o cenario de abertura da gala, por onde desfilaram os intervenientes. 

As horas antes, foram de correria e reconhecimento do " terreno" , estive pelos bastidores, vi e ouvi, falei, diverti-me. Foi uma bela experiencia poder participar com o meu trabalho neste grande evento. No intervalo, oportunidade ainda para conhecer o Diogo Picarra! :)

 

Aqui vao algumas fotos:

 

 

 

Gala voz do Operario 2017

Ontem foi um dia dxe muitas emocoes na 1a Gala da Voz do Operario 2017!! Fantasticos musicos, fadistas, apresentadores, publico, tudo se conjugou para que a tarde fosse especial e cheia de talento! Agradeco a Voz do Operario esta oportunidade para mostrar o meu trabalho, a Musica Unida que pela mao do meu grande amigo

Pedro Luis me proporcionou poder participar, agradeco a minha querida Maria da Nazare pela inspiracao dada, aos musicos, ao meu amigo Vitor de Sousa etambem a Diamantina e Jose Nobre pela excelente apresentacao e por ultimo a minha familia que esteve presente neste momento.

 

Muito obrigado a todos!!

 

"Making of" da 1a Gala de Fado da Voz do Operario

Agora que a Gala do Fado na Voz do Operário se aproxima, gostaria de partilhar o processo de criação do cenário, quadro para a publicidade, e a estatueta que fará parte deste grande espectaculo!

 

 

https://www.facebook.com/media/set/?set=a.10154730383512531.1073741873.652497530&type=1&l=00e7557918

1a Gala de Fado a Voz do Operario

After months of hard work, the work for the 1a Gala de Fado - a Voz do Operario is done.

 

Ive made the stage scenery, the painting in which they made all the propaganda from, and the statue they

will present the nominees for different categories, just like the Oscars.

 

Im very proud of myself and very happy !

 

More Articles...

  1. Quem e o coiso?